Me chamo Edu Pereira, tenho 38 anos, nasci e fui criado no Rio de Janeiro, mas moro em Osasco - SP há 2 anos.

Sou ator, contador de histórias, diretor, compositor e escritor de livros infantis.

Como escritor, lancei o primeiro livro com uma personagem com microcefalia. Ele se chama "A coroa da princesa sonhadora" e já foi até tema de festa infantil de crianças com microcefalia. Isso não é incrível?  


Como diretor de cinema e vídeo, tive curtas premiados, entre eles o "Não custa nada", vencedor no Green Fest, na Sérvia, um dos principais festivais de cinema ambiental do mundo.

Na internet produzi vídeos que se tornaram virais e fui criador e diretor do "Canal Ixi", responsável por revelar o ator Rafael Portugal, hoje no canal Porta dos fundos.

A fim de passar adiante um pouco do que eu sei, criei no Rio de Janeiro, o projeto social "Cinema de Retalhos", onde ensinava produção de vídeo para adolescentes.
O filme "online", escrito e dirigido pelos meus alunos, foi convidado para abrir o festival "Pequeno Cineasta", um dos principais do país para crianças e adolescentes. O filme tem quase 400 mil visualizações no YouTube.
O Cinema de Retalhos deixou de ser realizado no Rio após a minha mudança para Osasco.

No início de 2019 criei o projeto #CantaLivro onde transformo livros infantis em canções originais compostas, cantadas e tocadas por mim.
A série atraiu público (e editoras) principalmente pela sua originalidade. Hoje o meu Instagram (principal canal de divulgação) conta com mais de 10 mil seguidores, compostos principalmente por mães e entusiastas da educação infantil. 

#CantaLivro novos rumos

A série #CantaLivro está indo agora para um novo modelo, com mais foco em vídeos maiores (atualmente são só as músicas em vídeos de 1 minuto). Também serão lançados novos formatos. São eles:

Teatro nas escolas

A peça contará a origem do mundo "Canta Livro" e apresentará canções de diversos livros infantis, sempre destacando os valores abordados em cada história.

Bloquinho de carnaval

O bloco #CantaLivro trará as músicas originais da série em ritmo de marchinha e outros ritmos brasileiros, além de reviver canções infantis tradicionais, sempre lincadas à livros infantis.


Tanto a peça quanto o bloco, têm como intuito principal, a apresentação em escolas públicas, praças entre outros locais, sejam eles públicos ou não. 

Então é isso, querendo conversar, estou aqui.